Deus em meio a massinhas

No meio da nossa vida corrida e agitada como esposa, mãe, dona de casa, professora e mais várias funções que acabamos adquirindo (motorista, enfermeira, cozinheira e etc), é extremamente difícil pararmos para termos um tempo a sós com Deus, refletir em sua palavra, sermos trabalhadas e moldadas pelo Senhor através da devocional.

No entanto, talvez Deus queira falar conosco de uma forma diferente, criativa, por vezes até sarcástica. Em meio ao caos, a bagunça, sujeira e muitas vezes gritaria, vejo o Senhor trabalhando em meu coração de diversas formas. Hoje foi um desses dias.

Sabe aquele dia chuvoso, cinza, aquele pinga pinga contínuo que você olha para janela, depois olha para dentro da sua casa e fica até na dúvida se está chovendo do lado de dentro também? Pois bem, foi num desses dias, que eu tive a brilhante ideia de deixar minhas filhas brincarem de massinha. Aliás era o meu aniversário, e eu merecia uma folguinha (para limpar a casa, cozinhar e cuidar do neném), então dei uma linda caixa nova de massinha que eu havia guardado para uma ocasião especial.

paydoh

O tipo da massinha não é o foco, mas aquela caixa me chamou atenção em particular. A proposta da brincadeira era modelar lindos pôneis coloridos, com seus detalhes, olhinhos, enfeites, longas crinas e rabos. Havia até molde para fazer arco-íris e florzinhas fofas. Olhando aquela embalagem parecia incrível o que minhas filhas iriam criar e confesso que até eu estava curiosa e com um pouco de vontade de modelar lindos pônei perfeitos.

Elas ficaram empolgadíssimas. A Julia, mais velha, até me perguntou porque no dia do aniversário da mamãe elas que estavam ganhando presente? Uma boa pergunta mesmo, talvez o meu presente seria um pouco de tranquilidade enquanto elas brincariam com aquele brinquedo.

Abri a caixa e mostrei cada acessório e utensílio. Expliquei como funcionava para fazer a crina, os moldes e exibi as 9 cores diferentes de massinha disponíveis. Larguei tudo na bancada e fui continuar meus afazeres.

Passaram-se 15 minutos de silêncio para começar o falatório.

Laila: Eu não “tonsigo”! Me ajuda Julia.

Julia: O meu não tá bonito, tá estranho.

Laila: Eu “quelo” cabelo “cololido” igual esse da caixa…

E assim foi, frustração e reclamação atrás de reclamação. Enquanto isso eu começava a fazer a minha “pizza de aniversário” que já estava começando a ficar meio amarga de tantas objeções.

De repente, a luz acendeu!! Era Deus falando comigo… larguei a massa descansando (antes mesmo de sovar) e decidi sentar um pouco com as meninas.

Olhei para aquela cena trágica, e hilária ao mesmo tempo. As duas debruçadas sobre um monte de massinhas, frustradas e me mostrando algo que parecia mais um monstro cabeludo do que um lindo pônei encantado. Foi então, que a nossa devocional em família começou…

“Filhas, vamos olhar a caixa novamente. Vejam esses pôneis, como eles são lindos e perfeitos. Eles são tão coloridos e com detalhes impressionantes. Da mesma forma, assim Deus nos criou. Ele nos criou a Sua imagem e Sua semelhança. Ele planejou e desenhou cada detalhe em nós. A nossa aparência, nossa personalidade, nossas caracterísitcas, nossos dons e emoções foram planejadas pelo Senhor. Mas o homem e a mulher pecaram e a partir desse momento, a imagem de Deus foi manchada. As gerações se passaram e nós, assim como todos os homens, nascemos em pecado, e desde muito cedo desobedecemos e erramos o alvo. E por isso nós ficamos assim, como os pôneis que vocês fizeram, até parecemos um pouco com Deus, mas deformados, manchados, sem o brilho que deveríamos ter.”

Nesse momento, minha filha mais nova, Laila, frustrada com o seu pônei que parecia que tinha sido atropelado por um caminhão jamanta, pegou toda aquela massinha e ficou embolando em sua mão, brava. Eu aguardei o seu momento de fúria e fiquei assistindo. Ela amassou, misturou, amassou de novo, deu umas batidinhas na mesa e transformou aquele pônei feioso em uma grande bola de massinha cinza!! Hora de continuar a devocional…

“Sabe filha, quando a gente não escuta a voz de Deus e não quer obedecer o que a Bíblia diz, nós vamos comentendo um pecado atrás do outro. Vamos nos machucando e machucando outros. Vamos perdendo nossa forma original, nosso brilho, nossa cor. Até o ponto que o pecado toma conta de tudo, e os outros só conseguem enxergar coisas ruins na nossa vida.”

cinza

Nesse momento as duas já estavam fazendo uma certa carinha de choro e desapontamento, deu até dó, então a mais velha questionou: “E agora mamãe?”. Agora sim, chegou a hora da aplicação eu pensei.

“Nem tudo está perdido. Quando Deus enviou Jesus para morrer por nós, Ele nos deu uma nova chance. Uma nova vida. Nós ainda vamos cometer pecados, e não voltaremos a brilhar como antes, mas a boa notícia é que somos massinhas. Se nós permitirmos, Deus começara a nos moldar, dia a dia, e ele pode transformar essa grande massa cinza e sem graça em algo belo e útil nas suas mãos. E sabe qual a melhor parte: o Senhor prometeu que um dia nos dará novos corpos, transcendentes e no céu seremos perfeitos como Deus nos criou para ser e sem pecado”

Elas deram gritinhos de alegria. Até acharam legal brincar com a massa cinza por um tempo. Voltaram para os seus pôneis morimbundos e desajustados e começaram a brincar diferente.

Eu não orei ali com elas no momento, nem fiquei dando muitos exemplos ou lição de moral.

Levantei, voltei para a minha pizza e silenciosamente agradeci a Deus por poder ensinar meus filhos “ao sentar, ao levantar, andando pelo caminho e enquanto brincamos de massinha”.

Acho que no final cheguei até a dizer em voz baixa e sarcasticamente “Obrigada Play-Doh por exibir modelos tão inalcançaveis que nos remetem ao nosso relacionamento com Cristo.”

 

Nathaly Nascimento

2 comentários em “Deus em meio a massinhas

Adicione o seu

  1. Que texto maravilhoso !!! Que reflexão! Obrigada por me proporcionar ideias para falar do amor de Deus aose meus pequeninos.

    Aplicando no meu ministério Infantil em 3…2…1.

    Seja mais que abençoada! Deus te abençoe!

    Bjo grande Gislene

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: